Centro Tecnológico
  • Publicada portaria da Comissão Avaliadora 2022.2 de Promoção à titular

    Publicado em 30/09/2022 às 10:20

    A Direção do Centro Tecnológico da UFSC publicou, no último dia 28 de setembro, a Portaria N.º 284/2022/DIR/CTC, que nomeia a Comissão Avaliadora de Memoriais de Avaliação de Desempenho (MADs) e Memoriais de Atividades Acadêmicas (MAAs) ou Teses Inéditas, dos docentes do CTC aptos a se submeter à promoção à Classe E, no segundo semestre de 2022.

    Os docentes designados para compor a comissão são Ronaldo dos Santos Mello (Titular Interno – UFSC- Presidente), Eliana Ferreira Rodrigues (Titular Externo – UFOP), Francisco Marcondes (Titular Externo – UFC), Ligia Damasceno Ferreira Marczak (Titular Externo – UFRGS) e Marcelo Ricardo Stemmer (Suplente Interno – UFSC), todos pertencentes à Classe E – Professor Titular da Carreira do Magistério Superior.

    A portaria está de acordo com o disposto na Resolução Normativa n.º 114/2017/CUn – com as alterações promovidas pela Resolução Normativa n.º 138/2020/CUn – que estabelece os critérios e os procedimentos para a concessão das progressões e promoções na Carreira do Magistério Federal no âmbito da Universidade Federal de Santa.

    Os Memoriais de Atividades Acadêmicas (MAAs) ou Teses Inéditas, que devem ser elaborados conforme o disposto na resolução que trata da matéria, bem como os documentos comprobatórios, deverão ser disponibilizados pelos candidatos à promoção à Direção do CTC por meio de link de compartilhamento, a ser enviado para o endereço de e-mail , com cópia para , até o dia 24 de outubro de 2022.

    As atividades de defesa dos MAAs ou Teses Inéditas estão previstas para o dia 25 de novembro de 2022, conforme cronograma a ser divulgado no endereço https://portal.ctc.ufsc.br/progressao-para-professor-titular/.


  • SEPEX: Três Rotas Temáticas serão realizadas no CTC

    Publicado em 08/11/2022 às 11:12

    A 19º edição da Semana de Ensino, Pesquisa, Extensão e Inovação da UFSC iniciou no dia 7 e segue até o dia 11 de novembro de 2022. Depois de dois anos sendo realizada virtualmente por conta da pandemia, a SEPEX terá atividades em toda a UFSC, tanto a distância quanto presencialmente. 

    Neste ano, a temática da SEPEX será “Bicentenário da Independência: 200 de Ciência, Tecnologia e Inovação no Brasil”. O evento segue o mesmo tema da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia – SNCT.

    Uma das atividades oferecidas pela SEPEX são as Rotas Temáticas, em que os participantes vão fazer passeios pela universidade para conhecer os projetos realizados na instituição.

     No Centro Tecnológico serão realizadas três atividades. A primeira visita será no dia 9 de novembro pela manhã. Os participantes irão ao Departamento de Arquitetura e Urbanismo para conhecer as instalações do Grupo de Pesquisa Virtuhab /Labrestauro/Matec. Onde além de visitarem a materioteca, vão conhecer 

    alternativas para construções mais sustentáveis, além de poder interagir com as exposições. A responsável pela atividade será a professora Lisiane Librelotto, do Departamento de Arquitetura e Urbanismo.  

    À tarde a visita será ao Departamento de Engenharia Mecânica, no grupo de estudos SPIE/OPTICA Student Chapters UFSC (LABMETRO). Serão apresentados experimentos que utilizam luz e instrumentos ópticos, com o objetivo de fazer os visitantes compreenderem os fenômenos relacionados à óptica e fotogenia. Os responsáveis pelo projeto são Tanara Pedrosa, Tiago Bortoli e Thiago Wilvert. 

    Por fim, no período da manhã e da tarde, do dia 9 de novembro, os visitantes vão poder conhecer o Departamento de Automação e Sistemas, para interagir com diversos processos de automação e controle. O responsável pela visita é o professor Hector Bessa Silveira. 

    A SEPEX e todas as suas atividades são gratuitas e abertas para o público em geral e a comunidade universitária, porém para participar de algumas atividades, como os minicursos e as Rotas Temáticas, foi necessário fazer uma inscrição prévia. As inscrições se encerraram no dia 4 de novembro.   

    Para mais informações acesse: Semana de Ensino Pesquisa Extensão e Inovação (ufsc.br)

     


  • Nota de Pesar: falecimento do Prof. Dr. Luiz Eduardo Fontoura Teixeira

    Publicado em 17/09/2022 às 19:10

    O Centro Tecnológico da UFSC, com pesar, informa o falecimento do Professor Doutor Luiz Eduardo Fontoura Teixeira. Docente no Departamento de Arquitetura e Urbanismo em nossa instituição, Teixeira deixa um legado marcado por uma trajetória de conhecimentos amplos sobre sua área de atuação.

    Graduado em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, o Professor concluiu seu Mestrado em Desenvolvimento Regional e Urbano na UFSC em 2002 e, ainda, um Doutorado em Teoria e História da Arquitetura e do Urbanismo pela Universidade de São Paulo, no ano de 2009.

    O CTC se solidariza com os familiares, colegas e amigos.

     


  • Resultado Preliminar da Chamada Pública FAPESC nº 29/2022

    Publicado em 06/09/2022 às 14:46

    Foi divulgado nesta terça (06) o resultado preliminar da Chamada Pública FAPESC nº 29/2022, correspondente ao Prêmio de Pesquisa FAPESC – Edição 2022 – Fritz Müller. A ata pode ser acessada através do link.

    Segue abaixo o resultado das categorias:

    Categoria Jovem Pesquisador:

    Área Ciências Agrárias: Prof. Dr. Acácio Antônio Ferreira Zielinski (EQA)

    Área Engenharias: Prof. Dr.  Natan Padoin (EQA) Prof. Dr. Mateus Grellert da Silva (INE)

     

    Categoria Pesquisador Destaque:

    Área Ciências Agrárias: Prof. Dr. João Borges Laurindo (EQA)

    Área Engenharias: Prof. Dr. João Elias Normey-Rico (DAS) e Prof. Dr. Antonio Pedro Novaes de Oliveira (EMC)

     

    Categoria Acadêmico:

    Área Ciências Agrárias: acadêmica Maria Jaízia dos Santos Alves (Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Alimentos)

    Área Engenharias: acadêmico Marcelo Menezes Morato (Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Automação e Sistema) e acadêmico Artur Spat Ruviaro (Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil)


  • Encerramento das Defesas para Promoção de Professor Titular do semestre 2022.1

    Publicado em 31/08/2022 às 16:27

    Nesta quarta (31), foi realizada a  cerimônia de encerramento das Defesas para Promoção de Professor Titular do semestre 2022.1. Além dos candidatos que já haviam sido aprovados em junho, aconteceram mais duas defesas na amanhã de hoje, todas aprovadas.

    Erlon Cristian Finardi e Max Hering de Queiroz apresentaram seus Memoriais de Atividades Acadêmicas, obtendo êxito. As apresentações podem ser conferidas no canal do CTC no YouTube.

     


  • App desenvolvido pela Computação na Escola é premiado no MIT Appathon for Good 2022

    Publicado em 23/08/2022 às 23:26

    MITAppathonCertificate2022-basic.jpgO aplicativo “QFruta?” desenvolvido pela equipe da Computação na Escola/ INCoD/ INE/ UFSC foi premiado com o 3º lugar na trilha adulta no “MIT Appathon for Good 2022”.

    O aplicativo ajuda pessoas a saber onde têm frutas na rua e possibilita que as pessoas possam registrar árvores frutíferas (localização e espécie), apoiando metas de desenvolvimento sustentável das Nações Unidas de Cidades e Comunidades Sustentáveis, Fome Zero e Agricultura Sustentável e Vida Terrestre.
     
    O aplicativo foi desenvolvido pela equipe da iniciativa Computação na Escola do INCoD – Instituto Nacional para Convergência Digital do Departamento de Informática e Estatística/UFSC. O aplicativo também será utilizado como um caso exemplo em cursos sendo desenvolvidos pela iniciativa voltado ao ensino de computação no ensino fundamental e médio no Brasil.
    Com informações do INCoD

  • Grupo de pesquisa lança campanha propondo mudanças no sistema viário e de transporte dos bairros vizinhos à UFSC

    Publicado em 19/08/2022 às 0:34

    O Grupo Interdisciplinar de Pesquisa em Ecologia e Desenho Urbano (Gipedu) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) lançou a campanha “Por ciclovias em rede e seguras” no entorno da universidade. Foram divulgados quatro abaixo-assinados pedindo a criação de ciclovias nos bairros Trindade, Córrego Grande, Pantanal e Carvoeira. As propostas são baseadas em estudo realizado pelo Gipedu no âmbito do Projeto de Extensão Campus-Parque, sob orientação do professor Francisco Antonio Carneiro Ferreira.

    A fim de viabilizar o espaço para implantação de ciclovia bidirecional, o estudo propõe a implementação de três binários: na Trindade, o binário seria formado pela Rua Lauro Linhares (sentido UFSC-Centro) e Avenida Professor Henrique Silva Fontes (sentido Centro-UFSC); no Córrego Grande, o binário seria formado pela Rua João Pio Duarte Silva (sentido UFSC-Bairro) e a Avenida Madre Benvenuta (sentido Bairro-UFSC); e no Pantanal, o binário seria formado pela Rua Deputado Antônio Edu Vieira (sentido Bairro-UFSC) e a Rua Capitão Romualdo (UFSC-Bairro). Cada abaixo-assinado pede a criação de ciclovias conectadas, segregadas, em vez de ciclofaixas e pistas compartilhadas, adequadamente arborizadas, sinalizadas e iluminadas — principalmente em locais potencialmente perigosos.

    O estudo considera igualmente prioritário aumentar a qualidade e a eficiência no trânsito de veículos, especialmente do transporte coletivo. Uma das medidas mais urgentes sugeridas é a criação de espaço adequado à parada do ônibus, afastado do eixo da via ou faixa direta de tráfego para evitar a interrupção do fluxo de veículos na pista de rolamento. Segundo o estudo, os bairros vizinhos à UFSC “tornaram-se espaços limitados, cheios de obstáculos, ruído, poluição, excesso de automóveis, risco de acidentes graves, daí a importância de adotar-se princípios de moderação de tráfego, especialmente em torno do Campus, um dos maiores pólos geradores de tráfego da cidade.”

    A pesquisa aponta que, nas principais vias dos bairros, a implementação de mão única garante espaço à implantação da ciclovia e beneficia os pedestres, pois reduz os conflitos entre pessoas e os veículos, aumentando a qualidade do espaço público. O estudo prevê medidas para que as faixas exclusivas destinadas à travessia, a superfície do pavimento, os postes e outros componentes do mobiliário urbano não impeçam o livre trânsito no passeio público e possibilitem o acesso ao transporte coletivo, com plataformas no nível adequado para o embarque e o desembarque.

    “São todas intervenções de baixo custo, que humanizam os bairros, valorizam o ambiente construído, além de trazer benefícios para o tripé pedestres-ciclistas-passageiros do transporte coletivo. Um verdadeiro convite a deixar o carro de lado, para que os moradores sintam-se convidados a caminhar e pedalar, a utilizar mais o transporte coletivo, tanto quanto possível, em conexão com suas atividades cotidianas”, destaca o professor Francisco Antonio Carneiro Ferreira.

    A mobilização por mudanças no sistema viário e de transporte no entorno da universidade está sendo realizada neste momento por conta da discussão e revisão do Plano Diretor de Florianópolis, que acontece neste ano. Nesse sentido, a iniciativa do Gipedu é um estudo preliminar que aponta orientações à formulação de um Projeto Executivo Participativo, articulado ao Plano Diretor Municipal e Regional, contendo todos os dispositivos técnicos necessários à redução dos impactos sociais e ambientais. As propostas pretendem melhorar o acesso ao campus, reduzindo o congestionamento das vias, e trazer mais segurança aos ciclistas e pedestres.

    “Não é viável construir novas vias e áreas de estacionamento para aliviar a pressão do tráfego, pois a história da cidade moderna demonstrou que tais soluções geraram mais trânsito e congestionamento. É preciso iniciar a transição para outro paradigma de mobilidade, aprendendo a lidar com a cidade real (e não apenas com a cidade ideal modernista) e investindo em estímulo às mudanças comportamentais (valores culturais) de baixo custo e de grandes benefícios”, explica o professor.

    Confira o vídeo da campanha

    Participe dos abaixo-assinados:

    Implantação da ciclovia na Rua Lauro Linhares – Florianópolis/SC
    Implantação da ciclovia na Rua João Pio Duarte Silva – Florianópolis/SC
    Implantação da ciclovia na Rua Dep. Antônio Edu Vieira – Florianópolis/SC
    Implantação da ciclovia na Rua Capitão Romualdo de Barros – Florianópolis/SC

    Assine e divulgue você pode qualificar a mobilidade da cidade e do Campus da UFSC.

    Fonte: APUFSC Sindical


  • CTC lança edital interno para Chamada Pública Fapesc nº 29/2022 – Prêmio de Pesquisa Fapesc – Edição 2022 – Fritz Müller

    Publicado em 03/08/2022 às 15:28

    O Centro Tecnológico publica o cronograma para inscrições internas de pesquisadores para seleção das candidaturas à CHAMADA PÚBLICA FAPESC Nº 29/2022 Prêmio de Pesquisa – FAPESC PRIMEIRA EDIÇÃO – 2022 Fritz Müller que tem o objetivo de valorizar pesquisadores renomados do estado de Santa Catarina, cujas conquistas e produções estejam agregando contribuições significativas nas diferentes áreas de conhecimento e que tenham relevância.

    1. Categorias permitidas no Edital
      A) Categoria Acadêmico: discentes de Cursos de Doutorado de Programas de Pós-Graduação de ICTIs do estado de Santa Catarina, reconhecidos pela CAPES, com pesquisa científica comprovada e aproveitamento acadêmico reconhecido pelo Curso e Instituição;
      B) Categoria Jovem Pesquisador:Pesquisadores (as) com título de Doutor (a) até 07 (sete) anos completos da data do Diploma, que apresentem potencial para se tornarem líderes em suas áreas do conhecimento, com produção científica comprovada, formação de recursos humanos e contribuições significativas para a pesquisa científica e tecnológica;
      C) Categoria Pesquisador Destaque: Pesquisadores (as) renomados, inclusive aposentados (as) que comprovem possuam vínculo empregatício ou funcional ativo e ainda estejam exercendo atividade profissional em ICTI, que se destaquem, de forma significativa entre seus pares, líderes em suas áreas de conhecimento, com produção científica comprovada, formação de recursos humanos relevantes, com histórico relevante em pesquisa científica e tecnológica e contribuições significativas para o ecossistema de CTI do estado de Santa Catarina para o desenvolvimento da CTI do estado de Santa Catarina.

     

    1. Das candidaturas

     

    No âmbito do CTC, as candidaturas devem seguir os seguintes critérios:

     

    • Categoria (A) estudantes de doutorado: cada Programa de Pós-Graduação deverá indicar UM (1) estudante de Doutorado;
    • Categorias (B) e (C): cada Departamento deverá indicar até DOIS (2) nomes em cada categoria.

     

    1. Cronograma para envio pelos departamentos e programas das indicações:

     

    Atividades Datas
    Envio das candidaturas ao CTC pelos departamentos e programas de PG, via e-mail De 04 até 30/08/2022
    Seleção dos candidatos e divulgação do resultado preliminar na página:  https://portal.ctc.ufsc.br/ Até 07/09/2022
    Encaminhamento de recursos após divulgação do resultado preliminar, via e-mail: Até 09/09/2022
    Homologação do resultado final: https://portal.ctc.ufsc.br/ Até 12/09/2022
    Envio dos nomes selecionados em todas as categorias à PROPESQ via e-mail: Até 15/09/2022

     

    1. Seleção das candidaturas 

    No âmbito do CTC, a seleção seguirá os critérios descritos no EDITAL FAPESC através da Comissão interna PORTARIA N.º 241/2022/DIR/CTC.

    4.1. Serão selecionados 02 (dois) nomes para representar o CTC junto à PROPESQ

    O envio das candidaturas deve vir acompanhada das seguintes informações, em arquivo único (pdf), por categoria, através do e-mail :

    4.2.  Informações/documentos em arquivo único 

    a) Indicação da categoria e área do conhecimento;

    b) Cópia do diploma compatível a Categoria inscrita do(a) Proponente/Beneficiário(a) na Área de Conhecimento afim da proposta;

    c) Cópia do comprovante atualizado de residência no Estado de Santa Catarina (conta de luz, água, telefone), em nome do Proponente/Beneficiário. Em caso de

    comprovante em nome de terceiro, deverá ser apresentada declaração deste;

    d) Comprovante de vínculo empregatício ou funcional, de aposentadoria e/ou comprovante de matrícula com a ICTI de Santa Catarina, conforme requisitos das respectivas categorias;
    e) Apresentar memorial descritivo contendo os itens de identificação; formação; atuação profissional; caracterização da produção acadêmica e formação de recursos humanos; perfil de projetos científicos conduzidos; premiações; e conclusão, destacando sua trajetória como Pesquisador (a) e justificativa de merecimento do Prêmio (até 04 páginas).

     

    1. Dos critérios de Elegibilidade 

    Os(as) indicados(as) deverão possuir vínculo empregatício ou funcional, de aposentadoria e/ou comprovante de matrícula, com o Centro/Unidade da Administração Central indicante.

    Serão analisadas somente as candidaturas que apresentarem todos os documentos e/ou as informações descritas no item 4.2. .

    5.1. Critérios

    a)Apresentação das informações exigidas no item 4.2 5 desta chamada.
    b) Qualidade e relevância da produção científica e formação de recursos humanos na área de conhecimento, histórico de atuação e contribuição para o avanço do conhecimento na referida área de atuação.
    c) Relevância dos trabalhos desenvolvidos para o desenvolvimento científico e tecnológico do estado de Santa Catarina.
    d) Adequação aos eixos estratégicos constantes na política catarinense de ciência, tecnologia e inovação.
    e) Aplicação prática da área de pesquisa para a solução de problemas concretos e formação de conhecimento.
    f) Indicação do (a) candidato (a) no ranking A D Scientific Index 2022 – Brasil.

    6. Informações da seleção interna PROPESQ aqui.

         Edital da FAPESC aqui.

    7 Áreas de conhecimento:

    a)Ciências Exatas e da Terra;
    b) Ciências Biológicas;
    c) Engenharias;
    d) Ciências da Saúde;
    e) Ciências Agrárias;
    f) Linguística, Letras e Artes;
    g) Ciências Sociais Aplicadas;

    _____________________________________________________________________

    ALCILENE RODRIGUES MONTEIRO FRITZ
    RODRIGO CASTELAN CARLSON
    PHILIPPE JEAN PAUL GLEIZE

    PORTARIA N.º 241/2022/DIR/CTC, DE 25 DE JULHO DE 2022

     


  • Professor Luis Gomez é homenageado por colegas do Departamento de Engenharia Civil

    Publicado em 22/07/2022 às 17:41

    Ao meio dia desta sexta-feira (22.07.2022), foi realizada a Missa de Sétimo Dia em homenagem ao professor Dr. Luis Alberto Gomez. O docente atuou no Departamento de Expressão de Design e Gráfica (EGR – foto acima) e atualmente atuava junto ao Departamento de Engenharia Civil (ECV) e no Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Transportes e Gestão Territorial (PPGTG).

    Durante a ocasião, a coordenadora do curso de graduação em Engenharia Civil, professora Liane Ramos da Silva fez a leitura de uma emocionante mensagem pelo legado do colega. Confira:

    “A vida, às vezes nos traz situações muito difíceis de compreender e digerir. É assim que sentimos sobre a sua partida. Ontem, estávamos conversando pelos corredores da ECV, e hoje estamos aqui nos despedindo de você. É muito difícil processar tudo isso…. Aliás, é um dia difícil para todos que gostam de você. Nossa equipe de trabalho não será a mesma sem sua presença. Perdemos alguém por quem a equipe da ECV tinha um carinho muito grande. Jamais esqueceremos o seu jeito discreto, seu companheirismo, sua dedicação ao trabalho, seus “bons dias” às seis da manhã, suas brincadeiras. Não será fácil lidar com a sua ausência, especialmente nos próximos dias em que estaremos ainda procurando assimilar o que aconteceu. Você, Luis, é uma pessoa muito especial! Que você seja muito bem recebido nesse céu, que certamente ficará mais colorido e alegre com você nele. Até um dia, LAG! Com o seu adeus, aprendemos uma grande lição: valorizar enquanto podemos. Vivam as suas vidas, pois a vida é muito, muito curta. Vamos viver sem medo de sermos felizes, sem medo da opinião alheia. A vida é tão passageira. Tão frágil. Cada respiração pode ser a última. Se pudéssemos ter consciência do quanto nossa vida é passageira, talvez pensássemos duas vezes antes de jogar fora as oportunidades que temos de ser e de fazer os outros felizes. A vida é rápida demais! Luis, foi um grande prazer dividirmos esse tempo da vida com você. Você partiu cedo demais. Fique em paz! Sentiremos saudades!” – Colegas e amigos do Departamento de Engenharia Civil – UFSC.


  • 1° Engenharia de Portas Abertas apresenta cursos de engenharia da UFSC

    Publicado em 20/07/2022 às 17:43

    Durante o dia 2 de julho, foi realizado o Engenharia de Portas Abertas, do CTC-UFSC, com a participação dos cursos de  Engenharia de Alimentos, Engenharia de Automação e Controle, Engenharia de Materiais, Engenharia Mecânica e Engenharia Química.

    Os departamentos foram pioneiros na organização de um evento desse porte no CTC. A organização foi liderada pelo Departamento de Eng. Química e Eng. de Alimentos, na pessoa da Profa. Patricia Poletto (presidente), Profa. Camila Michels (coordenadora) e do Prof. Alan Ambrosi. Participaram também da organização a Profa. Alcilene R. Monteiro Fritz (chefe do EQA), Prof. Felipe Gomes Cabral (professor do DAS), Prof. Amir Antonio Martins de Oliveira Junior (chefe do EMC) e Prof Milton Pereira (sub-chefe do EMC).

    Além disso, marcaram presença no evento as equipes de competição da UFSC ROBOTA, Eficiência Energética E3, BAJA, Formula SAE, APEX Rocketry e Céu Azul Aeronaves, estudantes de estudantes de graduação e pós-graduação e pós doutorandos.

    No evento, que teve o propósito de elucidar a atuação do centro a discentes e demais pessoas, foi possível conhecer e vivenciar a UFSC, nos laboratórios de ensino e pesquisa vinculados a essas engenharias, aproximando a instituição da comunidade.  A ocasião incluiu visitas aos laboratórios, demonstrações do que é estudado, desenvolvido e aplicado na prática em cada curso, mostras dos veículos e dispositivos desenvolvidos pelas equipes de competição, entre outras atividades.

    Para o estudante de Ensino Médio, Joaquim Sayer Hermes de Araújo, de 16 anos, que conheceu o CTC no momento, a visita foi importante para a tomada de novas decisões estudantis. “Acredito que influenciou na minha decisão, apesar de não ter decidido, achei muito interessante”. O evento foi gratuito e aberto ao público, e a previsão é de que novas edições aconteçam anualmente.