UFSC » Centro Tecnológico
Centro Tecnológico da UFSC

Conheça o CTC!
Publicado em 13/05/2014 às 11:01

O Centro Tecnológico da Universidade Federal de Santa Catarina vem escrevendo uma história de excelência e prestígio tanto dentro quanto fora do Brasil. O Centro atualmente com 10 departamentos, 15 cursos de graduação e 13 programas de mestrado e doutorado conceituados a nível nacional. Para os interessados em conhecer um pouco mais sobre esta longa e bem-sucedida trajetória foi preparado um vídeo institucional que conta um pouco sobre os ambientes, espaço de aprendizado e reconhecimento do Centro Tecnológico atualmente.

(PARA ASSISTIR O VÍDEO BASTA CLICAR NA IMAGEM  AO LADO E APERTAR PLAY)

(Watch with English subtitles here)

 

Abertas as inscrições para a realização gratuita do TOEFL-ITP
Publicado em 29/08/2014 às 15:45

As inscrições para o exame TOEFL-ITP estão abertas tendo como foco aqueles que buscam testar e aprimorar sua proficiência na língua inglesa. O exame é gratuito para toda a comunidade da UFSC e pode ser realizado até 25 de novembro, sempre aos finais de semana. A prova é reconhecida para concorrer a uma vaga no Programa Ciência Sem Fronteiras.

Para realizar a prova é preciso atentar para alguns pontos. As inscrições devem ser feitas através do link http://isfaluno.mec.gov.br/. Sendo que, a abertura de vagas para realizar o TOEFL-ITP em um final de semana só serão abertas após o encerramento das inscrições dos dias de aplicação anteriores ou após as datas dos mesmos já terem passado. Os exames serão aplicados do dia 13 de setembro a 30 de novembro. Os interessados em utilizar a prova para participar do Programa Ciência Sem Fronteiras devem realizar a prova até 30 de setembro como forma de garantir que os resultados sejam divulgados a tempo de serem encaminhados dentro do prazo do edital do Programa. O candidato deve estar ciente de que o não comparecimento no dia do exame gera gastos da verba pública.

Evento na UFSC discute o papel da Engenharia em diversos meios sociais
Publicado em 28/08/2014 às 16:07

Ereds divulgaçãoAmanhã começa na UFSC o I Encontro Regional de Engenharia e Desenvolvimento Social da Região Sul (Ereds Sul) tendo como tema “Pensando a cidade”. No evento que vai até sábado serão debatidas questões relacionadas à função do engenheiro e da tecnologia no desenvolvimento social e humano. O evento será aberto ao público e gratuito.

A programação da Ereds Sul conta com palestras, mesas de bate, grupos de discussões, oficinas e a troca de experiências. Na sexta será realizado o credenciamento dos participantes, mesas de discussão sobre os temas mobilidade urbana, moradia e direito à cidade e oficinas ministradas pelo grupo Tarrafa Hacker Club. No sábado serão feitos grupos de discussão da engenharia, focando-se em opressão de gênero, racial, relação professor/estudante e de sexualidade, uma troca de experiências entre os participantes e uma plenária de encerramento. O evento é transdisciplinar, abordando temas que passam desde o desenvolvimento tecnológico às opressões na engenharia, servindo como uma preparação para o Encontro Nacional de Engenharia e Desenvolvimento Social, que acontecerá em setembro na cidade de Castanhal, no Pará.

Os interessados podem se inscrever para participar do Ereds Sul através do link http://sulereds.wordpress.com/.

Mais informações sobre o tema podem ser obtidas com Diogo Ikeda do Departamento de Engenharia Mecânica pelo telefone (48) 9671-7483, pelo e-mail , no link ou através da página do evento no facebook.Local Ereds

 

 

 

Programação:

 

- Sexta, 29 de agosto

9h - Auditório da Reitoria: Mesa de Abertura

10h - Auditório da Reitoria: Mesa “O desafio de morar”

13h30min - Auditório da Reitoria: Mesa “Mobilidade Urbana”

16h - Centro de Convivência: Oficinas

22h - Cultural

 

- Sábado, 30 de agosto

13h - Auditório do CFH: Grupo de discussão

15h - Auditório do CFH: Troca de experiências

17h - Auditório do CFH: Plenária final

Debate com os candidatos à governador ocorre na próxima segunda na UFSC
Publicado em 27/08/2014 às 17:30

debate gorverno do EstadoNa próxima segunda-feira será realizado na UFSC um debate com os Candidatos ao Governo do Estado de Santa Catarina. O evento é organizado pelo Centro Acadêmico XI de Fevereiro e o Diretório Central dos Estudantes Luís Travassos e tem o intuito de instigar a comunidade acadêmica e o público em geral a conhecer melhor os candidatos a governador. O debate contará com transmissão online ao vivo em diversas universidades de todo o Estado.

De acordo o membro do DCE, Mateus Costa, todos os candidatos foram chamados para participar do debate. O evento começará às 19:00 no Centro de Cultura e Eventos da UFSC. Em um dos blocos os candidatos responderão a perguntas feitas pela comunidade que devem ser enviadas previamente através de um  formulário disponibilizado. Será dado aos presentes um certificado de participação. O evento também poderá ser assistido online pelo link http://eventos.ufsc.br/.

Este ano o cargo de governador do Estado é disputado pelos candidatos Afrânio Boppré (PSOL), Claudio Vignatti (PT), Elpídio Neves (PRP), Gilmar Salgado (PSTU), Janaina Deitos (PPL), Marlene Soccas (PCB), Paulo Bauer (PSDB) e Raimundo Colombo (PSD).

O que é: Debate com os candidatos ao Governo do Estado.

Quando: Segunda-feira – primeiro de setembro

Horário: 19:00

Local: Auditório do Centro de Cultura e Eventos da UFSC.

Enviar perguntas aos candidatos previamente: https://docs.google.com/forms/d/1x94d_e12c_8yPperXUgoC4lxSx5vtOCvUTCqbWM9jIg/viewform

Assistir o debate online: http://eventos.ufsc.br/

Embrapii divulga resultado de seu primeiro processo de seleção
Publicado em 27/08/2014 às 15:36

Membros da Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii) divulgaram no último dia 19 o resultado preliminar de sua primeira chamada pública, aonde foram selecionadas dez propostas de credenciamento de instituições de pesquisa tecnológica. Os projetos de pesquisa serão desenvolvidos por 13 centros de pesquisa em sete estados diferentes das regiões sul, sudeste e nordeste. O valor total deste investimento será de R$ 1,78 bilhões financiados pela Embrapii e por empresas e instituições privadas.

O resultado final deve ser anunciado até esta sexta. O Laboratório de Pesquisa em Refrigeração e Termofísica da Universidade Federal de Santa Catarina foi uma dos selecionados. Além deste núcleo de pesquisa do Centro Tecnológico (CTC) foram selecionadas também da região sul a Fundação Centros de Referência em Tecnologias Inovadoras (Certi), o Instituto de Tecnologia para o Desenvolvimento (Lactec), o Laboratório de Metalurgia Física da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Lamef/UFGRS) e o Instituto Senai de Inovação em Engenharia de Polímeros (ISI). Das demais regiões foram selecionadas quatro instituições em São Paulo (CNPEM, CPqD, IPT e ITA), duas do Rio de Janeiro (Coppe e INT), uma na Bahia e (Cimatec) e uma na Paraíba (Ceei). A listagem pode ser conferida na página da Embrapii. Inicialmente, centros de pesquisa de 27 instituições manifestaram interesse em se credenciar. Segundo o secretário de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e ex-reitor da UFSC, Alvaro Prata, “87 candidatas encaminharam uma primeira manifestação de interesse, o que culminou na escolha dessas 10 instituições de pesquisa de altíssimo nível”.

O para o credenciamento foi preciso atender a diversos critérios. Cada instituição passou por uma avaliação que comprovasse a experiência no desenvolvimento de projetos de inovação e na realização de serviços, por meio de acordos com empresas entre 2011 e 2013. Além disso, os membros dos centros de pesquisa precisaram apresentar um plano de ação já que o contrato estabelece que os mesmos devem contratar e realizar projetos de inovação por um período de seis anos.

Sobre a Embrapii

A Embrapii é uma organização social supervisionada pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), tendo o Ministério da Educação (MEC) como instituição de apoio. Seu intuito é apoiar instituições de pesquisa tecnológica, em suas áreas de competência, para que executem projetos de desenvolvimento, pesquisa e inovação (PD&I), em cooperação com empresas do setor industrial.

 

Fonte: MCTI

Texto original por Rodrigo PdGuerra – Ascom do MCTI disponível no link: http://www.mcti.gov.br/web/guest/noticias/-/asset_publisher/IqV53KMvD5rY/content/embrapii-divulga-resultado-de-seu-primeiro-processo-de-selecao

UFSC assinará parceria com a BG E&P Brasil em projeto de R$ 40 milhões
Publicado em 22/08/2014 às 11:32

A empresa BG E&P Brasil (BG), escolheu a UFSC como parceira para projetos no desenvolvimento de tecnologias para o tratamento de águas resultantes da exploração de petróleo. O projeto coordenado pelo professor Hugo Soares do Departamento de Engenharia Química e de Alimentos (EQA) receberá investimentos de 19 milhões de reais só para a pesquisa e aprimoramento da infraestrutura do projeto. Ao todo a parceria com a BG terá um investimento de 40 milhões de reais.

Os benefícios do projeto se darão de várias formas. Haverá uma parceria com a Universidade RICE do Texas, nos Estados Unidos, para a formação de 34 doutorandos na modalidade sanduíche de cinco programas de Pós-Graduação da UFSC. Além disso, a BG ressarcirá a Universidade o equivalente a 1% do valor total do projeto resultante da parceria. A proposta foi apresentada à empresa pela Pró-Reitoria de Pesquisa (PROPESQ) em maio deste ano e é esperado que seja vantajosa para ambas as instituições.

A UFSC também está em fase final de negociação para outros dois projetos com a BG. A parceria envolve investimentos de 12 milhões com os Departamentos de Engenharia Mecânica (EMC) e Engenharia de Automação e Sistemas (DAS). É esperado que ao longo dos próximos quatro anos a empresa invista 52 milhões de reais na Universidade.

Engenheiros mecânicos da UFSC constroem uma impressora 3D
Publicado em 21/08/2014 às 15:49

Membros do Departamento de Engenharia Mecânica da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) construíram uma impressora 3D a partir de uma antiga unidade de movimentação para laser e máquinas em desuso. Este equipamento é o primeiro do tipo que teve o projeto e a construção feitos totalmente por alunos e professores da UFSC. O estudo que ainda está em fase de teste abre possibilidades para novas pesquisas e a futura impressão de peças e equipamentos em 3D utilizando o aparelho.

O projeto foi iniciado a sete meses no Laboratório de Mecânica de Precisão (LMP) e entrou em funcionamento no começo de agosto. Desenvolvido pelo mestrando Claudio Silveira sob a orientação do professor Walter Weingaertner a ideia surgiu a partir da necessidade de estudar o funcionamento e os processos de automação de movimento de um laser para realizar diversas atividades como corte, soldagem e revestimento de materiais. Porém, como o laser não poderia ser utilizado por limitações temporárias do laboratório, à equipe resolveu usar sua estrutura como base para a impressão em três dimensões e estudar seu funcionamento. Como o foco dos estudos é a automação do processo não houveram problemas em adaptar a antiga unidade de movimentação laser para funcionar como impressora 3D. Para isso foram aproveitadas máquinas velhas para montar a base da estrutura. Já o aparelho que direcionava o laser foi substituído por um bico aquecido que libera a substância usada na impressão. Além disso, a parte elétrica teve que ser construída do zero, sendo preciso configurar todos os programas de computador necessários para a sua correta utilização.

Além do objetivo original do projeto de estudar processos de automação por meio da integração de diferentes áreas – como mecânica, eletroeletrônica e computação – a impressora passou a desempenhar outras funções. A impressão em três dimensões de peças e objetos passou a ser a base para os estudos de automação do sistema. Outros laboratórios da Engenharia Mecânica e Departamentos do Centro Tecnológico (CTC) tem feito uso do aparelho para obter peças sobressalentes e de difícil reposição.

DSCF0538

O mestrando Claudio Silveira trabalhando com a impressora 3D

O processo de impressão desse aparelho é simples. Uma peça ou objeto é criado em 3D no computador. Um programa de comando diz à máquina que movimentos e quantidade de material ela deve utilizar para realizar a tarefa. As peças são confeccionadas com um plástico conhecido como PLA. Na sequência o PLA é aquecido pela máquina – se tornando um fluido – e aplicado sobre uma superfície própria e vai, aos poucos, dando forma a peça. O processo é feito por camadas, com uma se sobrepondo a outra. Quando o PLA esfria a peça confeccionada fica rígida e pronta para uso ou acabamento. O tempo para a produção de cada objeto varia de acordo com o seu tamanho e complexidade. Na impressora do LMP, por exemplo, uma peça com 20x20x30mm de altura leva entre 25 a 40 minutos para ficar pronta.

Quarta edição da Saeel começa nessa segunda-feira
Publicado em 14/08/2014 às 15:57

Nessa segunda começa a quarta edição da Semana Acadêmica de Engenharia Elétrica e Engenharia Eletrônica (Saeel) cujo intuito é proporcionar aos estudantes debates sobre o tema além de contato com o mercado trabalho e centros de pesquisa. O evento é organizado por estudantes de diversos grupos da UFSC e ocorrerá nas dependências do Departamento de Engenharia Elétrica (EEL) do CTC. Realizada desde 2011 a Saeel contou em sua última eSaeeldição com 186 inscritos de quatro instituições de ensino de Santa Catarina e do Paraná.

Este ano a o evento contará com diversas atividades. Entre os dias 18 à 21 de agosto serão realizados seminários, minicursos, palestras e debates abertos à comunidade. Minicursos e seminários serão ministrados por profissionais de diversas empresas dos polos tecnologia da região da Grande Florianópolis. Representantes das empresas IBM, MaqPlas, Celesc e 2Way já confirmaram presença. Além de profissionais da área a Saeel contará com a participação de professores, mestrandos, doutorandos e PhDs do EEL. Haverá também um espaço para a apresentação de trabalhos e projetos de alunos de Engenharia Elétrica e Engenharia Eletrônica. Os alunos cujos trabalhos tiverem as maiores notas ganharão a assinatura  de um ano da versão digital da revista IEEE Spectrum, uma das mais respeitadas revistas especialidades na área.

Para comparecer a Saeel o interessado deve efetuar uma inscrição. Uma taxa de R$10,00 é pedida para participar de todas as palestras, stands, chamadas de trabalhos, debates e mesas redondas. E por um valor de R$15,00 o participante poderá também se inscrever em qualquer um dos minicursos oferecidos. O pagamento pode ser feito nas sedes do CAEE, CAEL, PET-ELL ou via PagSeguro online. A organização do evento informou que a taxa visa garantir o comprometimento dos inscritos com o evento e que o valor arrecadado será usado para ajudar na realização da próxima Semana Acadêmica. Os interessados também devem atentar no ato da inscrição para evitar confirmar participação em atividades que ocorrem no mesmo horário.

Mais informações podem ser obtidas através do site oficial da Saeel ou através da página do evento no facebook. Os interessados podem se inscrever através do link http://saeel.ufsc.br/290/ e a programação completa pode ser visualizada em http://saeel.ufsc.br/cronograma/.

 

O que é: Quarta Edição da Semana Acadêmica de Engenharia Elétrica e Eletrônica.

Quando: De 18 à 21 de agosto.

Aonde: Departamento de Engenharia Elétrica do Centro Tecnológico

Quanto: R$10,00 e R$15,00.

Inscrições: http://saeel.ufsc.br/290/

Segunda-feira (18/08/2014)
Horário: Evento Palestrante/Ministrante Local
9:00 – 12:00 Minicurso – IFSC Professor Everthon Sica – IFSC A definir
13:30 – 15:00 Palestra WEG I Edson Lennert – Engenheiro Teixeirão
15:30 – 17:30 Minicurso DHW Engenheiros Fernando Andrade e Ian Maciel A definir
17:00 – 17:15 Abertura do Evento Professor Fernando Azevedo – Chefe do Departamento Teixeirão
17:15 – 19:30 Mesa Redonda Membros da mesa: Professores Walter Carpes Jr. e Fernando Azevedo, Paulo da Fabbro (Chipus) e o engenheiro Alexandre Zucarato (Tractebel) Teixeirão
Terça-feira (19/08/2014)
Horário: Evento Palestrante/Ministrante Local
9:00 – 12:00 Minicurso ONS / ENEX Wanderley Lopes Bispo Teixeirão
9:00 – 12:00 Minicurso IEB Professora Daniela Suzuki – IEB LEEB
13:30 – 15:30 Minicurso LCI Dr. Luiz Alberto Melek – LCI A definir
14:00 – 16:00 Chamada de Trabalhos Banca: Professores Telles Lazzarion, Roberto Coelho, Djones Letthin e Walter Carpes Jr. Teixeirão
14:00 – 16:30 Minicurso INEP/ Desenvix Parte I Engenheiro Filipe Koefender e Professores Roberto Coelho e Telles Lazzarin A Definir
17:00 – 19:00 Palestra WAY2 Danielle Softka Teixeirão
Quarta-feira (20/08/2014)
Horário: Evento Palestrante/Ministrante Local
8:00 – 12:00 Minicurso – LRF Pós doutorando Germán Botelho e o mestrando Maicon Pereira – LRF LATEP
13:30 – 15:00 Palestra WEG II Engenheiro Edson Luca Teixeirão
13:30 – 15:30 Minicurso INEP / Desenvix Parte II Engenheiro Filipe   Koefender e professores Roberto Coelho e Telles Lazzarin A definir
14:00 – 16:00 Minicurso CEITEC Engenheiro Fernando Chavez – Superintendente de Design da CEITEC A definir
15:15 – 16:15 Minicurso LAMATE PhD. Marcos Ribas A definir
17:00 – 19:00 Palestra Reason Engenheiro Carlos Dutra – Gerente de pesquisa e desenvolvimento da Reason Teixeirão
Quinta-feira (21/08/2014)
Horário: Evento Palestrante/Ministrante Local
10:00 – 12:00 Minicurso MaqPlas/GSE– Parte I Engenheiro Mario Imigure – Diretor de Eletrônica da MaqPlas LBSDG
13:30 – 15:00 Minicurso MaqPlas/GSE– Parte II Professor Djones Lettnin – GSE LBSDG
14:00 – 16:00 Minicurso IBM Abílio Bueno neto – IBM A definir
17:00 – 19:30 Debate Membros da mesa: Cesare Quinteiro (Diretor do CES); Thiago Cassel (Celesc); Abílio Bueno Neto (IBM); Ricardo Grassmann (Diretor da Way2); Bruno Herrera (CCD-Certi) Teixeirão
19:00 – 22:00 Minicurso LINSE/DIGITRO Walter Gontijo (LINSE) e Charles Herdt (Digitro Tecnologia) EEL003

 

DEPAE oferece bolsas para estudantes de Arquitetura e Engenharia Civil
Publicado em 01/08/2014 às 16:04

Os responsáveis do Departamento de Projetos de Arquitetura e Engenharia da UFSC (DPAE) estão oferecendo duas vagas de estágio, sendo uma para Estágio DEPAEum estudante de arquitetura e a outra para um aluno de engenharia civil. As bolsas que tem carga horária semanal de 20 horas são no valor de R$ 364,00 + R$ 132,00 de auxílio transporte. Os interessados têm até o dia dez de agosto para enviar o currículo escolar e uma prévia de horários do próximo semestre.

Para ambas as bolsas o candidato deve atender a certos requisitos. Ser graduando em Arquitetura e Urbanismo da UFSC e ter conhecimento em Autocad é obrigatório para o interessado na primeira vaga. Além disso, é esperado que o mesmo esteja, de preferência, cursando da quarta fase em diante, já ter feito a disciplina Projeto 3 e ter conhecimento em Sketchup. Já para a outra bolsa é obrigatório estar cursando Engenharia Civil na UFSC. Além disso, o candidato precisa ter Índice Acumulado (I.A) igual ou maior a seis e não ter Frequência Insuficiente (F.I) em nenhuma disciplina nos últimos dois semestres. É obrigatório também ter conhecimento dos programas Word e Excel para a execução das atividades. Será dada preferência aos estudantes que tenham conhecimento de Autocad e experiência com desenho e orçamento para trabalhar com instalações hidro-sanitárias e estruturas.

Os interessados devem entrar em contato com a Engenheira Carolina Cannella Peña pelo e-mail ou pelo telefone 3721-2914 para marcar uma entrevista presencial. Maias informações podem ser obtidas também no site http://dpae.proplan.ufsc.br/.

PIAPE oferece aulas complementares de matemática e física
Publicado em 29/07/2014 às 17:55

Entre os dias quatro e oito de agosto serão realizadas na UFSC oficinas de Potências, Funções, Cinemática e Leis de Newton, Matrizes, Conjuntos e Trigonometria. As aulas são organizadas pelos membros da Coordenadoria de Avaliação e Apoio Pedagógico e são abertas a alunos, professores, servidores da Universidade e a comunidade. Estas atividades de apoio têm como objetivo reforçar e auxiliar em disciplinas com alto índice de reprovação.o2ij4 02r-page-001

 

Para a oficina de Cinemática e Leis de Newton o link para inscrição é o http://apoiopedagogico.prograd.ufsc.br/fisica/. Já para as demais a inscrição pode ser feita através do link http://apoiopedagogico.prograd.ufsc.br/matematica/. Além destas aulas,

 

Os interessados podem obter mais informações através do telefone 3721-8307 ou pelo site http://apoiopedagogico.prograd.ufsc.br/.


 

Oficina de Física – Cinemática e Leis de Newton

 Carga horária: três horas

Data: 04/08 (segunda-feira)
Horário: 14:00 às 17:00
Tutor: Robson Lourenço Cavalcante
Número de vagas: 25
Local: Sala 305 – EFI

 

Oficina de Matemática: Potências

Carga horária: quatro horas

Data: 05/08 (terça-feira)
Horário: 14:00 às 18:00 h
Tutor: Luiz Henrique
Local: LAED Departamento de matemática, sala 009, em frente a secretaria
Número de vagas: 20

 

Oficina de Matemática: Conjuntos e Trigonometria

Carga horária: quatro horas

Data: 06/08 (quarta-feira)
Horário: 14:00 às 18:00 h
Tutor: Nuno Miguel Martins da Rocha
Local:Sala 305 – EFI
Número de vagas: 20

 

Oficina de Matemática: Funções

Carga horária: quatro horas

Data: 07/08 (quinta-feira)
Horário: 14:00 às 18:00 h
Tutor: Liamara Vargas Bidinha
Local: Sala 305 – EFI
Número de vagas: 20

 

Oficina de Matemática: Matrizes

Carga horária: quatro Horas

Data: 08/08 (sexta-feira)
Horário: 14:00 às 18:00 h
Tutor: Liamara Vargas Bidinha
Local: Sala 305 – EFI
Número de vagas: 20

Lançada a primeira versão do PGRS/ CTC
Publicado em 21/07/2014 às 17:32

Lidar com a produção diária de resíduos sólidos no Centro Tecnológico é um problema recorrente. Adequar a teoria à realidade e propor soluções e ações de acordo com a legislação constituem a proposta do Plano de Gestão de Resíduos Sólidos (PGRS). Este trabalho idealizado por servidores do CTC é o primeiro a ser colocado em prática na UFSC.

A iniciativa busca adequar o manejo, a separação e o descarte ou reciclagem dos resíduos produzidos no campus de acordo com a lei n° 12.305 de 2010, que institui a Política Nacional de Resíduos Sólidos. Os responsáveis pelo estudo buscaram repensar o processo de geração e destinação de resíduos sólidos e com isso colaborar com a administração do CTC para a criação de condições adequadas para lidar com o problema.

Partiu-se da premissa de se conhecer a realidade sobre o material descartado em cada setor que integra o CTC. Para isto foi contratada a Empresa Junior de Engenharia Sanitária e Ambiental – EJESAN, que realizou o diagnóstico da situação sobre os resíduos em todas as unidades do Centro. Com base nestas informações foi possível estabelecer a base para a elaboração do Plano de Gestão de Resíduos Sólidos do Centro Tecnológico, afirma o coordenador do projeto Dante Luiz Juliatto. Dr. Eng.

Para a correta implantação do PGRS mudanças serão necessárias, desde a orientação dos funcionários terceirizados responsáveis pela limpeza do CTC, a orientação dos Servidores Técnico-Administrativos e Docentes até a elaboração de campanhas educacionais para os alunos e o restante da comunidadeque utiliza as instalações do Centro Tecnológico.

Atualmente os funcionários da Prefeitura Universitária, não fazem a distinção de lixo e resíduos na hora de recolhê-los. Para o coordenador de Apoio Administrativo e Financeiro, Eugênio Luiz Gonçalves, “Atender a Política Nacional de Resíduos Sólidos, requer quebrar alguns paradigmas, mudar a cultura do tratamento do lixo no âmbito do CTC, e principalmente na UFSC, afinal não somos uma ilha, precisamos do apoio e participação de outros da UFSC, principalmente da Prefeitura Universitária”. No Centro Tecnológico os funcionários da limpeza deverão adotar uma nova sistemática de trabalho, ajustando seu trabalho à nova cultura da reciclagem, ajudando aprimorar o sistema a ser implantado.

Devido ao pioneirismo do trabalho o grupo de pesquisa precisou ir a fundo para buscar a base teórica para o plano. Para tanto, foram analisados os processos de descartes de resíduos desenvolvidos por diversas instituições e empresas. Com base na forma de como essas empresas lidam com os resíduos produzidos a equipe responsável buscou adaptar esses processos a realidade da universidade.

Com base nos estudos realizados foi elaborado um manual, que se encontra disponível para download na página do CTC, com o intuito de orientar as pessoas sobre como manejar e dispor, assim como apresenta os cuidados a se tomar com os diversos tipos de resíduos. O manual contém orientações sobre cada material e seus riscos a saúde, além de explicar como manejá-los com segurança e aonde ou para quem entregá-los na hora de se desfazer dos mesmos. Seu intuito é de conscientizar e informar alunos, funcionários e a comunidade sobre as formas corretas de lidar com estes resíduos.

Segundo Dante Juliatto, a característica do PGRS é que ele nunca esteja de fato acabado, mas que seja constantemente atualizado. A atual proposta é que o PGRS passe por atualizações periódicas na medida em que surjam novos requisitos e as ações de melhoria aconteçam. O intuito é que se utilizando os conceitos de repensar, reciclar e reduzir, as novas ideias e soluções para os problemas que surgirem possam ser aplicados na prática da realidade do CTC e posteriormente em todo o campus.

Com base nos documentos citados foi possível construir um resumo dos procedimentos,  em forma de cartilha,  para facilitar e agilizar o descarte de resíduos no âmbito desta Unidade de Ensino. Em resumo o Plano de Gestão de Resíduos Sólidos é composto de:

 

a)      Diagnóstico dos resíduos sólidos no âmbito do Centro Tecnológico;

b)      Plano de Gestão de Resíduos Sólidos do Centro Tecnológico;

c)      Cartilha resumo do PGRS do Centro Tecnológico

  • 1960 - 2010 - Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) | Central Telefônica - (48) 3721-9000
  • Última atualização do site foi em 29 de agosto 2014 - 15:45:42