Centro Tecnológico
  • Inscrições para o programa #EngenhariaConcentraçãoAnsiedade estão abertas

    Publicado em 20/02/2018 às 9:44

    Já estão abertas as inscrições do programa #EngenhariaConcentraçãoAnsiedade de 2018-1 para os estudantes de graduação e pós-graduação do CTC. O programa, conduzido pelo Prof. Hector Bessa Silveira do Departamento de Automação e Sistemas, é gratuito e irá apresentar gradualmente ao longo do semestre acadêmico diversas práticas de Atenção Plena (Mindfulness) em encontros semanais de 50 minutos de duração numa sala de aula do CTC.

    A expectativa é que os participantes desenvolvam maior estabilidade da concentração e menor ansiedade nos momentos de estudo, realização de provas, sala de aula e demais atividades acadêmicas.

    Devido ao grande interesse no programa anterior de 2017-2, neste semestre serão ofertadas 2 turmas independentes: uma turma nas segundas das 17:10 às 18:00, e outra turma nas quintas das 17:10 às 18:00.

    As inscrições são gratuitas e devem ser feitas até o dia 23 de fevereiro (sexta) pelo link:

    As vagas são limitadas a 40 participantes em cada uma das 2 turmas (por ordem de inscrição), e o comprometimento necessário é: comparecer nos encontros + 20 minutos de prática diária em casa. Os encontros semanais terão início em 26 de fevereiro (turma das segundas) e 1 de março (turma das quintas), e abrangerão o semestre acadêmico.

    O Prof. Hector Bessa Silveira atua desde o primeiro semestre de 2015 como voluntário do Projeto Amanhecer do Hospital Universitário da UFSC, oferecendo a prática “Aprimoramento da Concentração e Redução da Ansiedade Através da Atenção Plena”.
    O programa #EngenhariaConcentraçãoAnsiedade conta com o apoio de:
    * CTC – UFSC
    * Projeto Amanhecer – HU – UFSC
    * Santa Barbara Institute for Consciousness Studies
    Maiores informações pelo email  e Facebook (https://www.facebook.com/EngenhariaConcentracaoAnsiedadeUFSC/)

  • Funcionamento das cancelas do estacionamento do Centro Tecnológico

    Publicado em 05/02/2018 às 14:38

    A Direção do Centro Tecnológico informa que, a partir de 07/02/2018, quarta-feira, as cancelas do estacionamento do CTC voltarão ao seu funcionamento normal: de segunda à sexta-feira, no período das 6h às 17h, sendo o acesso feito por meio de cartão.


  • Está publicado o edital 2018 para os projetos BRAFITEC  237/18 – 238/18 – 213/17 – 217/17 – 189/15

    Publicado em 24/01/2018 às 12:26

    1. Inscrição na prova de francês na Aliança Francesa  de

    04/12/2017 à 03/02/2018.

    2. Período de Inscrição: de 01/03/2018 até 08/3/2018 até as 17 horas, quando deverão ser entregues os documentos indicados e relacionados no edital  na coordenadoria de graduação de Engenharia de Materiais, Bloco A do EMC-Térreo.

    Este edital refere-se somente aos projetos acima indicados.

    Professor Fernando Cabral
    Departamento de Engenharia Mecânica
    Centro Tecnológico – Universidade Federal de Santa Catarina.


  • #25 Anos de História da Internet Acadêmica em Santa Catarina

    Publicado em 12/01/2018 às 11:31

    O CTC reconhece os pioneiros da UFSC, que a partir de dezembro de 1988, trabalharam para dotar a UFSC de um novo sistema computacional:

    • Clavio Coutinho Filho – Departamento de Informática;
    • Diomário Queiroz – Diretor do Centro Tecnológico;
    • Edison Tadeu Lopes Melo – Núcleo de Processamento de Dados (SETIC);
    • Fernando Cabral – Departamento de Física;
    • Jean-Marie Farines – Departamento de Engenharia Elétrica;
    • Luiz Fernando Maia – Departamento de Informática;
    • Paulo Cesar Jucá – Departamento de Engenharia Mecânica.

    Conheça detalhes desses #25 Anos de História da Internet Acadêmica em Santa Catarina , tecnologias e parcerias envolvidas.

    Em 2017, a RNP passou a reconhecer professores, acadêmicos e representantes de instituições que contribuíram para o estabelecimento da internet no Brasil entre 1988 e 1993.

    Essas personalidades receberam o Diploma de Construtores da Internet, dentre eles o nosso colega da SETIC, analista de TI, Edison Tadeu Lopes Melo.

     


  • Publicado em 22/12/2017 às 21:23


  • 20 anos da equipe de competição BAJA e lançamento do Catálogo de Equipes de Competição da UFSC

    Publicado em 15/12/2017 às 12:16

    No último dia 28 de novembro foi comemorado os 20 anos da Equipe BAJA UFSC, a primeira equipe de competição da Universidade Federal de Santa Catarina.

    A equipe foi iniciada pelo prof. Honorato Tomelim do então Laboratório de Motores do Departamento de Engenharia Mecânica da UFSC, e conta com a supervisão do Professor Lauro Cesar Nicolazzi há 17 anos. Atualmente, conta com 20 estudantes de diferentes engenharias, e atua na fabricação de protótipos off-road para competições automotivas estudantis.

    São os próprios alunos que projetam, fabricam e dirigem estes carros em competições nacionais e internacionais. As equipes também contam com apoio de diversos professores e técnicos da UFSC para a fabricação dos componentes dos protótipos.

    Estas atividades de extensão relacionam o que é aprendido em sala de aula, com uma ótima oportunidade para praticar a engenharia. Desta forma, associa teoria e prática, trabalhando a interdisciplinaridade, estimulando a inovação e a internacionalização, além do aprimoramento da capacidade de trabalhar em equipe.

    O sucesso deste trabalho se dá pelo comprometimento e parceria entre coordenadores e membros da equipe.

    Nesse mesmo dia, a Pró Reitoria de Extensão (PROEX) apresentou o Catálogo das Equipes de Competição 2017.

    Neste, são apresentadas as 13 equipes que foram contempladas nos editais da PROEX em 2017, que são compostas por mais de 330 estudantes de engenharia, matemática, direito, jornalismo, biblioteconomia e relações internacionais. São elas: Ampera, Baja, Botcem, Ceu Azul, E3, Eficem, Formula UFSC, Formula CEM, Infratec, Nisus, Quantum, Roboat, e Sociedade de Debates.

      

    O Centro Tecnológico parabeniza a equipe BAJA UFSC, pelos seus vinte anos de sucesso, a UFSC Compete, pelo apoio à todas as equipes de competição UFSC,  e a Pró Reitoria de Extensão pelo apoio às equipes e pelo lançamento do catálogo.

         

     

    Fotos: Marcus Vinicius


  • Mestranda do PPGEA ganha o Prêmio Jovem Pesquisador 2017

    Publicado em 14/12/2017 às 11:51

    A mestranda do PPGEA, Debora Yumi de Oliveira, ganhou o Prêmio Jovem Pesquisador 2017 dado pela Associação Brasileira de Recursos Hídricos.

    O trabalho premiado tem como títutlo “IMPACTO DA ESCOLHA DA FUNÇÃO DE VEROSSIMILHANÇA NA ESTIMATIVA DE INCERTEZA E INFERÊNCIA DOS PARÂMETROS DE UM MODELO DE INTERCEPTAÇÃO” apresentado no XXII Simpósio Brasileiro de Recursos Hídricos. O trabalho foi desenvolvido no Laboratório de Hidrologia da UFSC e conta com os coautores Prof. Pedro Luiz Borges Chaffe (ENS) e o doutorando João Henrique Macedo Sá (PPGEA).

      

    Fonte: http://dens.paginas.ufsc.br/2017/12/07/mestranda-do-ppgea-ganha-o-premio-jovem-pesquisador-2017/


  • Mini Curso: Corrosão, aspectos gerais e métodos de prevenção

    Publicado em 29/11/2017 às 8:53

    Entre os dias 04 a 12 de dezembro o Programa de Pós Graduação em Engenharia de Materiais do EMC/UFSC receberá o professor Michele Fedel, da Universtià degli Studi di Trento – ITA (UniTn).

    O Prof. Fedel estará apresentando a Universidade de Trento.  Discutirá projetos de pesquisa entre as duas instituições, e a mobilidade bi-lateral de estudantes, tais como o doutorado pleno na UniTn.

    Aproveitando a presença do professor, o PGMAT convida a todos para participar do mini curso que ocorrerá nos dias 04, 05 e 07 de dezembro no Auditório do EMC, no bloco A. A programação detalhada pode ser conferida aqui.

    Fonte: http://emc.ufsc.br/portal/2017/11/mini-curso-corrosao-aspectos-gerais-e-metodos-de-prevencao/

     


  • Equipe Ophidian do ECL/INE conquista terceiro lugar no Contest @ ICCAD 2017 – Problem C

    Publicado em 29/11/2017 às 8:48

    A equipe Ophidian do ECL/INE, conquistou o terceiro lugar no Contest @ ICCAD 2017 – Problem C – Multideck Standard Cell Legalization (http://cad-contest-2017.el.cycu.edu.tw/CAD-contest-at-ICCAD2017/).

    A entrega do prêmio ocorreu na noite da segunda-feira, 13/nov, em sessão especial do ICCAD 2017 (International Conference on Computer-Aided Design), em Irvine, California (EUA).

    A equipe da Ophidian foi formada por:

    – Renan Netto (aluno de doutorado no PPGCC/UFSC)

    – Chrystian Guth (aluno de doutorado no PPGCC/UFSC)

    – Tiago Augusto Fontana (aluno de mestrado no PPGCC/UFSC)

    – Sheiny Fabre (aluno de mestrado no PPGCC/UFSC)

    – Thiago Barbato (aluno de graduação do Curso de Ciências da Computação/UFSC)

    – Prof. Laércio Lima Pilla (INE/UFSC e PPGCC)

    – Prof. José Luís Güntzel (INE/UFSC e PPGCC)

    A competição foi organizada por pesquisadores da IBM, da University of Kitakyushu (Japão), da Mentor Siemens (ex-Mentor Graphics), da Microsemi Corporation e da University of Waterloo (Canadá), e contou com o apoio da IEEE Circuits and Systems Society (CASS), Council for Electronic Design Automation (CEDA) e ACM Special Interest Group on Design Automation (SIGDA).

    As equipes trabalharam intensamente durante 7 meses, entre fevereiro de agosto de 2017, para criar uma ferramenta, que a partir do posicionamento inicial do circuito (com até dois milhões de células), ajustasse as posições das células a fim de respeitar uma grade de posições válidas, e ao mesmo tempo, respeitando outras restrições tais como, densidade de ocupação e deslocamentos máximos. Além da equipe Ophidian do ECL/UFSC, equipes da China, Alemanha, Hong Kong, Taiwan e EUA participaram do Contest @ ICCAD 2017 – Problem C, sendo que apenas 8 equipes conseguiram submeter executáveis capazes de legalizar os circuitos.

    Assim como as competições anteriores organizadas no contexto do ICCAD e também do ISPD, esta competição propõe problemas-chave da área de EDA (Electonic Design Automation) para os quais academia e indústria buscam soluções inovadoras em termos de técnicas e algoritmos.

    Equipe Ophidian do ECL/INE recebendo o prêmio dos organizadores do Contest @ ICCAD 2017 – Problem C – Myung-Chul Kim (IBM Corp., USA) e Ismail Bustany (Mentor Siemens).


  • LABSOLDA/UFSC recebe Prêmio Stemmer Inovação Catarinense

    Publicado em 24/11/2017 às 11:55

    O LABSOLDA conquistou o segundo lugar na categoria Instituição de Ciência, Tecnologia e Inovação do Prêmio Stemmer Inovação Catarinense promovido pela FAPESC. O Instituto de Soldagem e Mecatrônica da UFSC apresentou três inovações de destaque entre os projetos desenvolvidos.

    O prêmio foi entregue ao professor Jair Carlos Dutra representante do Prof. Régis Henrique Gonçalves e Silva, Supervisor Geral e Diretor de P&D do LABSOLDA. A solenidade de entrega ocorreu no dia 06 de novembro no Centro de Eventos da FIESC e reuniu os contemplados, o governador Raimundo Colombo, o Ministro da Ciência Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab e o presidente da FINEP (Financiadora de Estudos e Projetos), Marcos Cintra, entre outras autoridades.

    O LABSOLDA foi finalista na categoria Instituição de Ciência, Tecnologia e Inovação com 3 inovações. A primeira é um sistema automatizado para soldagem de revestimento de componentes de caldeiras e geometrias associadas. “O sistema teve seu desenvolvimento voltado ao enfrentamento do fenômeno de desgaste que ocorre no interior das caldeiras de usinas termelétricas. Neste contexto, a proteção dos componentes por meio da aplicação de uma liga metálica especial, via soldagem, é importante para que não ocorram perfurações ou rupturas, falhas que fatalmente impedem o funcionamento do sistema de geração de energia como um todo” explica o Engenheiro João Facco de Andrade, Gerente de Projetos no LABSOLDA.

    inovacao 01 sistema dedicado para automacao da soldagem

    A segunda inovação trata de técnicas avançadas para produção de vídeos em alta velocidade aplicados em análises de processos industriais e pesquisas científicas.“As técnicas envolvem a aplicação de conhecimentos avançados em ótica, eletrônica e informática para produzir, processar e analisar imagens sincronizadas com dados quantitativos em uma frequência de até 20.000 quadros por segundo. Além disso, é empregado um sistema de iluminação laser infravermelho, invisível ao olho humano, mas ainda assim capaz de sensibilizar o sensor da câmera. Dessa forma, o cenário permanece iluminado apenas pelo sistema laser, independente das condições de luz ambiente. A técnica está sendo aplicada na análise técnico-científica de fenômenos extremos que ocorrem muito rapidamente, em escala reduzida e com grande variação na intensidade luminosa como no caso dos processos soldagem”, disse Marcelo Pompermaier Okuyama, Mestre em Engenharia de Produção – Produtor Multimídia no LABSOLDA.

    inovacao 02 filmagem tecnica em alta velociade 2b

    E a terceira inovação consiste em um sistema para soldagem automatizada TIG Orbital de tubos de pequeno diâmetro. “É capaz de realizar o processo de união em tubos de paredes finas, com controle eletrônico computadorizado. O equipamento pode ser aplicado em diferentes segmentos da indústria, por exemplo: química, petróleo e gás, alimentos, assim como para a construção de equipamentos e estruturas variadas. Os principais benefícios para o setor são o grande aumento da produtividade e qualidade das juntas executadas automaticamente. O controle eletrônico por software permite total possibilidade de customização, além de possibilidades de registro e tratamento eletrônico dos dados de cada soldagem, tornando o sistema apto para integração com ferramentas de Indústria 4.0 aplicadas para melhoria da produtividade e qualidade”, nas palavras do Professor Régis Henrique Gonçalves e Silva, Dr. Eng., Supervisor Geral e Diretor de P&D no LABSOLDA.

    inovacao 03 sistema obtital tig

    O prêmio, na sua sétima edição, é uma promoção da FAPESC (Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina). Criado em 2008 pela Lei Catarinense de Inovação, a prêmio leva o nome do ex-reitor da UFSC, Caspar Erich Stemmer, e visa reconhecer, com troféus, certificados e valores financeiros, ações inovadoras de instituições, empresas e pessoas consideradas “protagonistas da inovação”.

    Resultado da categoria Instituição de CTI da Chamada Pública FAPESC Nº 01/2017-Prêmio Professor Caspar Erich Stemmer Inovação Catarinense Edição 2017
    1º INSTITUTO STELLA
    2º LABSOLDA – UFSC
    3º FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO SUL DE SC – UNISUL

    Fonte: http://www.labsolda.ufsc.br/index.php/noticias/744-labsolda-ufsc-recebe-premio-stemmer-inovacao-catarinense

    Para mais informações sobre o evento: http://www.premiostemmer.sc.gov.br/