Centro Tecnológico
  • Palestra: Questões Indecidíveis em Física

    Publicado em 20/06/2017 às 14:19

    O Centro Tecnológico recebe nesta quarta-feira, 21 de junho, o professor e doutor em Física Francisco Antonio Doria para uma palestra com o tema Questões Indecidíveis em Física. O evento acontecerá as 14h no Auditório Prof João Ernesto Escoteguy Castro, do Departamento de Engenharia de Produção e Sistemas.

    Sobre o palestrante:

    Francisco Antonio Doria é um matemático, filósofo e genealogista brasileiro. Formado em Engenharia Química pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1968), mestre em Física pelo Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas (1973) e doutor em Física pelo Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas (1977). É co autor do livro Fragmentos – Física Quântica e possui diversas publicações em sua área de atuação.

     


  • Palestra discute a implantação do sistema BRT em Florianópolis

    Publicado em 16/06/2017 às 14:33

    Nesta ultima terça-feira, 13 de junho, aconteceu no Centro Tecnológico a palestra “Mobilidade e planejamento urbano: Projeto Urbanístico Floripa BRT”, que tratava da implantação do sistema BRT –  Bus Rapid Transit – em Florianópolis. O evento foi organizado pelo Grupo Interdisciplinar de Pesquisa em Ecologia e Desenho Urbano (GIPEDU) e trouxe como palestrante o arquiteto Michel de Andrado Mittmann, Diretor da região metropolitana do Instituto de Planejamento Urbano de Florianópolis (IPUF) e egresso da Universidade Federal de Santa Catarina.

    Foram convidados a compor a mesa o Diretor do Centro Tecnológico, professor Edson Roberto de Pieri; o professor Samuel  Steiner dos Santos, Chefe do departamento de Arquitetura e Urbanismo; o professor Francisco Antônio Carneiro Ferreira e o professor Sérgio Torres Moraes, ambos do departamento de Arquitetura.

    No inicio do evento o professor Edson de Pieri resgatou a história da doação do terreno da UFSC para a ampliação da Rua Dep. Antonio Vieira e informou que o Centro Tecnológico nomeou uma comissão de especialistas para auxiliarem no projeto, reforçando o interesse do Centro em contribuir com sua implementação, sugerindo novas formas de reduzir o ruído sobre o campus como, por exemplo, fazendo uso de pavimentos com redução de ruído de rolagem, barreiras acústicas em acrílico e/ou vegetação.

    Durante a palestra o Diretor do IPUF, Michel de Andrado Mittmann, falou do entorno viário da grande Florianópolis e das expectativas para o futuro da mobilidade metropolitana, citando as vantagens e desvantagens do uso de diferentes meios de transporte coletivo no Brasil, destacando os motivos que levaram a escolha do sistema BRT. O projeto, na região de Florianópolis, pretende otimizar o fluxo de trânsito e também surge como uma iniciativa que possa influenciar cidades vizinhas a avançarem no projeto de mobilidade intermunicipal.

    Terminado a palestra o Engenheiro Civil Ramon Knabben fez uma breve apresentação sobre alternativas para a redução do ruído da rolagem dos automóveis em vias de diferentes pavimentações, e as distâncias determinadas pelas normas da NBR para o nível de ruído aceitável nas imediações de escolas e repartições públicas.

    Professores do Departamento de Arquitetura e Urbanismo também puderam fazer apontamentos e contribuir com sugestões e, ao final, foi aberta a sessão para questionamentos da plateia.


  • O Centro Tecnológico no lançamento da Coleta Seletiva Solidária

    Publicado em 14/06/2017 às 11:45

    Na última terça-feira, 06 de junho, aconteceu no Auditório Teixeirão do Centro Tecnológico a cerimônia de lançamento da Coleta Seletiva Solidária (CSS) da UFSC. Prestigiaram o evento Dorival dos Santos e Marisa Pereira, representantes catarinenses do Movimento Nacional dos Catadores de Materiais Recicláveis (MNCR); o Reitor, Luiz Carlos Cancellier de Olivo; a Prefeita do campus, Soeli Soares de Moraes; a Engenheira Sanitária e Ambiental e presidente da comissão do Projeto da CSS Sara Meireles e o secretário de Obras, Manutenção e Meio Ambiente, Paulo Roberto Pinto da Luz.

     

    Coletor de resíduos recicláveis da Reitoria I

    Como explica a UFSC Sustentável,  “a CSS é uma ação para realizar a separação dos resíduos recicláveis descartados e destiná-los à associações e cooperativas de catadores. A princípio serão colocados 20 coletores com divisão para recicláveis secos, rejeitos e papéis nos ambientes internos do campus Trindade e no Centro de Ciências Agrárias, no Itacorubi. Segundo a UFSC Explica, o ciclo da coleta seletiva solidária passa pelas seguintes etapas:o gerador descarta um resíduo reciclável nos coletores seletivos; o colaborador da limpeza promove a coleta segregada e os leva diariamente até o Container localizado no Centro Tecnológico. Semanalmente estes resíduos serão coletados pela Associação de catadores, levando-os para a central de triagem e, posteriormente, encaminhados para a reciclagem.

    O Centro Tecnológico, reconhecendo a importância da iniciativa, contribuiu significativamente para a implantação do projeto. O container, peça chave para o início dos trabalhos e as Big Bags, utilizadas para o transporte dos reciclados, foram uma conquista do Centro Tecnológico em conjunto com a FEESC. Os materiais utilizado para a confecção dos 20 coletores espalhados pelo campus também foram adquiridos pela mesma parceria. Já o espaço utilizado para acomodar o container, localizado entre os blocos B e C do CTC, foi pensado visando eliminar o acúmulo de lixo próximo ao córrego.

    Para além dos postos de coleta também vêm sendo feitas pela Universidade atividades que promovem a sustentabilidade. O Instituto ÇaraKura e o Núcleo de Educação Ambiental (NEAmb), em parceria com o Centro Tecnológico, promoveram, na semana passada, uma oficina de produção de latas de lixo com bambu para serem utilizadas nos ambientes externos. Já nesta segunda-feira, coordenados pela presidente da comissão do Projeto da CSS, Sara Meireles, grafiteiras e grafiteiros deram cor ao container que comportará o lixo reciclável.

    O Centro Tecnológico parabeniza as engenheiras Sara Meireles, Branda Vieira e demais membros da equipe pela iniciativa e se coloca à disposição para um trabalho conjunto de conscientização da comunidade.

     

     


  • Plataforma APA Style CENTRAL tem acesso gratuito até dia 05 de julho

    Publicado em 12/06/2017 às 16:52

    Recentemente a editora APA lançou uma plataforma com conteúdos do livro APA STYLE, que ensina o melhor jeito de escrever artigos e como e onde publicá-los, dependendo do assunto.

    Focando no tema e combinando ferramentas de aprendizado sofisticadas e tecnologias de processamento de conteúdo, o APA Style CENTRAL surgiu como uma plataforma que abriga um conjunto de serviços integrados de última geração, com base na web, projetado para ajudar a desenvolver e aprimorar as habilidades de pesquisa e escrita, além de facilitar as publicações.

    A plataforma fornece recursos essenciais que atendem as demandas das/dos pesquisadoras/es , sendo indicada para professoras/es, oferecendo diversos objetos de aprendizagem e para iniciantes na pesquisa e escrita acadêmica.

    O acesso é gratuito até o dia 05 de julho de 2017 e deve ser feito através do site http://APAStyleCENRAL.apa.org com o seguinte login:

    Username: IFEDCRBR

    Password: TrialASC6


  • Divulgada análise de viabilidade de sistema de aproveitamento de água de chuva no Centro Tecnológico

    Publicado em 30/05/2017 às 8:52

    O estudo de caso realizado pelos especialistas da RainMap no Centro Tecnológico, em parceria com a direção do CTC, teve como objetivo simular um sistema de aproveitamento de água da pluvial (SAAP) para os blocos principais do Centro. Tendo em vista os benefícios claros da prática de aproveitamento da chuva, o estudo realizou uma análise de viabilidade técnica, econômica e financeira, a fim de auxiliar na tomada de decisão de implantação de um SAAP no centro referência em engenharia no Brasil.
    O sistema proposto consiste, basicamente, nos seguintes componentes:

    • Área de captação: superfície utilizada para coletar a água da chuva, geralmente o telhado das edificações.
    • Filtro: equipamento utilizado para remoção de partículas suspensas, coloidais e de microrganismos provenientes do ambiente.
    • Dispositivo de descarte inicial: conjunto de mecanismos utilizados para descartar a água proveniente dos primeiros momentos da chuva, que “lava” a atmosfera e a área de captação e carrega impurezas.
    • Reservatório inferior: localizado abaixo do nível de consumo, recebe e armazena, por gravidade, a água de chuva captada.
    • Motobomba: equipamento utilizado para transpor a água da chuva do reservatório inferior para o reservatório superior (nem sempre é necessário).
    • Reservatório superior: localizado acima do nível de consumo, recebe água da chuva do reservatório inferior (ou diretamente da cobertura, dependendo do caso) e abastece os aparelhos de consumo. Na falta de água de chuva, o reservatório superior é abastecido pelo reservatório de água da concessionária.
    • Dispositivo de desinfecção: equipamento utilizado para a remoção ou destruição (inativação) de microrganismos patogênicos presentes na água.
    • Aparelhos de consumo: equipamentos hidráulicos que utilizam água da chuva para o consumo final.
    O método de trabalho para a análise de viabilidade contemplou: levantamento de dados de consumo de água, parâmetros bibliográficos e de 30 anos de dados de chuva diária, definição de cenários de projeto, estimativa de custos de implantação e operação e escolha dos componentes do sistema que acarretam em um melhor custo-benefício, ou seja, menor período de retorno (payback). A partir disso, obteve-se como resultado um cenário ótimo e a quantificação dos benefícios financeiros e de economia de água potável a serem obtidos com o aproveitamento da água de chuva. O estudo foi realizado nos blocos A, B, C, D e E do CTC, onde se concentram as principais salas de aula, além de salas de professores e laboratórios. Contudo, o Centro Tecnológico envolve diversas outras edificações, as quais também poderiam implantar sistemas de aproveitamento próprios, ampliando os benefícios com essa solução.
    Os resultados de economia de água mensal possíveis com a implantação de um SAAP nos blocos do CTC/UFSC estão apresentados a seguir.

    Os valores foram obtidos para um cenário ótimo de 1.676 m2 de área de captação (referente às coberturas dos blocos A e B) e 50.000 L de reserva de água de chuva. Os fins de consumo previstos para substituição da água potável por água pluvial foram descargas com vasos sanitários e mictórios, rega de jardim e limpeza em geral.
    Em termos financeiros, o infográfico abaixo apresenta o investimento estimado necessário e a economia financeira obtida com a implantação de um SAAP.

     

    O resumo final dos benefícios calculados para o estudo é apresentado no infográfico a seguir:

    Ressalta-se que os benefícios do SAAP são perpétuos, pois sempre haverá economia por substituição de água potável por água da chuva. Desta forma, conforme a disponibilidade de recursos e interesse do CTC/UFSC para a implantação do sistema, é possível optar por um cenário de maior economia ao longo do tempo, ou seja, uma maior área de coleta, mesmo que isso represente um maior investimento inicial.
    Finalmente, além dos benefícios do aproveitamento da água de chuva discutidos e quantificados, por se tratar de um centro de ensino, a aplicação desta prática no CTC/UFSC também estimula o pensamento verde e contribui com a disseminação e valorização de ações sustentáveis em edificações.
    Aproveitando o levantamento completo e as análises feitas para o CTC, também foi levantado o potencial de economia de cinco outros centros da UFSC, com edifícios de tipologia semelhante às dos edifícios analisados.

    CENTRO ECONOMIA ANUAL DE ÁGUA POTÁVEL (L) ECONOMIA ANUAL TOTAL (R$)
    Centro Sócio-Econômico – CSE 1.697.000  R$   40.472,00
    Centro de Ciências da Saúde – CCS 2.009.000  R$   39.889,25
    Centro de Comunicação e Expressão – CCE 1.311.000  R$   32.279,30
    Centro de Filosofia e Ciências Humanas – CFH 1.137.000  R$   26.443,80
    Centro de Ciências Jurídicas – CCJ 590.000  R$   13.776,90

    Para mais informações sobre a análise de viabilidade de aproveitamento de água de chuva realizada para o CTC e o levantamento dos outros centros de ensino, acesse o relatório completo aqui

     

     


  • Oportunidade trainee na Holanda

    Publicado em 19/05/2017 às 15:33


  • Semana do Meio Ambiente UFSC 2017

    Publicado em 17/05/2017 às 13:14

    Em comemoração ao Dia do Meio Ambiente, a Universidade Federal de Santa Catarina convida toda a comunidade a participar da Semana do Meio Ambiente UFSC 2017, que ocorrerá de 29 de maio a 05 de junho.

    Oficinas, mesas redondas, visitas técnicas, palestras e exibições de filmes constam na programação.

    O Memorando Circular com a programação da Semana pode ser visto aqui.

     


  • Recolhimento de Bens pelo DGP

    Publicado em 16/05/2017 às 11:43

    Informamos que o recolhimento de bens, divulgado por meio do Memorando Circular nº2/DGP/PROAD/2017, está em andamento. O CTC será atendido no período entre 15 e 19 de maio de 2017.

    Lembramos  que é necessário encaminhar a listagem dos bens a serem recolhidos antecipadamente para o DGP (), visando possibilitar a programação das viagens unindo dois ou mais departamentos.

    Salientamos que nesta primeira etapa está previsto o recolhimento de materiais pesados (mobiliário) tombados pela universidade. Os demais bens, como material de informática e eletroeletrônicos serão recolhidos em um segundo momento devido à  falta de espaço disponível no DGP.

    Em caso de dúvidas procurar o agente patrimonial setorial.


  • Agência Nacional de Águas abre inscrições para Prêmio ANA 2017

    Publicado em 05/05/2017 às 16:47

    Até 31 de maio estarão abertas as inscrições para o Prêmio ANA 2017. A premiação busca reconhecer boas práticas relacionadas a água nas seguintes categorias: Empresas (micro/pequeno porte e médio/grande porte); Ensino; Governo; Imprensa (Impressos/sites, Rádio e Televisão); Organizações Civis; e Pesquisa e Inovação Tecnológica. Os trabalhos devem contribuir para a gestão e o uso sustentável dos recursos hídricos do País. As inscrições são gratuitas e devem ser realizadas através do hotsite do Prêmio ANA: http://premio.ana.gov.br.

    O concurso, que está na 6ª edição, também busca identificar ações que estimulem o combate à poluição e ao desperdício e apontem caminhos para assegurar água de boa qualidade e em quantidade suficiente para o desenvolvimento das atuais e futuras gerações. Como novidades, o Prêmio ANA 2017 terá duas categorias voltadas para empresas, sendo uma delas para micro e pequenas empresas e a outra para médias e grandes. Para a imprensa, que reunia todos os tipos de mídia, agora haverá três categorias: Impressos e sites, Rádios e TV.

    O Prêmio ANA 2017 terá uma Comissão Julgadora composta por membros externos à ANA e com notório saber na área de recursos hídricos, meio ambiente ou Jornalismo. Um representante da Agência presidirá o grupo, mas sem direito a voto. Os critérios de avaliação dos trabalhos levarão em consideração os seguintes aspectos: efetividade, impactos social e ambiental, potencial de difusão, adesão social, originalidade e sustentabilidade financeira (se aplicável). Para as categorias de imprensa, os critérios serão adaptados e a sustentabilidade financeira não será considerada.

    A Comissão Julgadora selecionará três iniciativas finalistas e a vencedora de cada uma das nove categorias. Os vencedores serão conhecidos em solenidade de premiação marcada para 6 de dezembro de 2017 em local a ser definido. Os nove vencedores receberão um Troféu Prêmio ANA. Além disso, os vencedores ganharão uma viagem para poderem apresentar seus trabalhos durante o Fórum Mundial da Água de 2018 – maior evento do mundo sobre recursos hídricos –, que acontecerá em Brasília.

    Inscrições

    Nesta edição do Prêmio ANA, as inscrições devem ser realizadas totalmente pelo sistema de inscrições e não serão aceitos materiais em meio físico, já que a Agência Nacional de Águas adota uma política de papel zero.

    Cada participante pode inscrever mais de uma iniciativa. Além disso, poderão ser apresentados trabalhos indicados por terceiros, desde que acompanhados de declaração assinada pelo indicado, concordando com a indicação e com o regulamento da premiação (Portaria ANA nº 314, de 14 de dezembro de 2016).

    Cronograma
    • Inscrições: até 31 de maio de 2017;
    • Avaliação: 7 de agosto a 8 de setembro de 2017 (1ª fase) e 16 a 20 de outubro de 2017 (2ª fase);
    • Comunicação aos finalistas: 30 de outubro a 3 de novembro de 2017;
    • Premiação: 6 de dezembro de 2017.

    Fonte/texto original: http://premio.ana.gov.br


  • Inscrições abertas para o Programa UNIGOU de estágios acadêmicos

    Publicado em 04/05/2017 às 12:12

    O Instituto Tcheco-Brasileiro para Cooperação Acadêmica está com inscrições abertas para o Programa UNIGOU de Estágios Acadêmicos. Os estudantes brasileiros selecionados para o Programa desenvolverão projetos acadêmicos e científicos em suas áreas de formação, nos centros de pesquisas das instituições parceiras na República Tcheca durante os meses de janeiro e fevereiro.

    O Programa é desenvolvido com o apoio da Embaixada do Brasil em Praga e do Ministério da Educação da República Tcheca e tem o objetivo de estreitar as relações entre os dois países, através de estágios científicos e mobilidade acadêmica de excelência.

    Serviço:

    Local: Czech Technical University in Prague, Charles University in Prague, University of West Bohemia in Pilsen, Technical University in Brno, Technical University in Liberec e Membrain Research Center.
    Período do Estágio: Janeiro e Fevereiro de 2018
    Período de Inscrição: até 23 de Junho
    Duração do Estágio: 8 a 11 semanas
    Idioma do Programa: Inglês
    Requisistos: Ser brasileiro; possuir Inglês fluente; ser aluno ou ex-aluno de uma das universidades brasileiras de interesse; haver concluído, no mínimo, 2 anos do programa de graduação na universidade brasileira de origem; possíveis requisitos técnicos de acordo com o projeto
    Critérios de Seleção: Análise de currículo e carta de motivação

    Inscrições: Estudantes interessados em participar do Programa devem verificar a lista de projetos disponíveis em sua área de formação e se inscrever através do endereço www.incbac.org