Reitor discute pontos eletrônicos com servidores do Centro Tecnológico

21/10/2010 15:51

O reitor da UFSC, Prof. Alvaro Prata, esteve reunido, na tarde de ontem, com servidores técnico-administrativos do Centro Tecnológico para disctuir a instalção dos dispositivos eletrônicos de controle de frequência e assiduidade. Além do reitor e dos servidores, estiveram presentes o Prof. Edison da Rosa, diretor do CTC, e o Prof. Sebastião Roberto Soares, vice-diretor da unidade. Esta foi a primeira reunião com membros das unidades de ensino desde a instalação dos aparelhos.

Em sua fala inicial o reitor afirmou que o controle de freqüência é uma obrigação legal que a Universidade deve cumprir. Para Alvaro Prata é importante existir uma avaliação por resultado, não por procedimento. “Mas a sociedade não nos vê dessa forma”, completa.

Dos servidores técnico-administrativos do CTC, o reitor ouviu a defesa do controle de assiduidade para todas as categorias, incluindo o corpo docente. O decreto 1.590 de 1995

dispensa os professores de carreira do magistério superior do controle de freqüência. De acordo com os trabalhadores, a orientação da Controladoria Geral da União, cujo cumprimento iniciou o processo de instalação do controle de assiduidade, não exigiu o uso de pontos eletrônicos.

O sistema de cadastramento biométrico dos equipamentos deve iniciar ainda esse ano. Reuniões entre a administração central, servidores e diretores estão programas para as outras unidades de ensino da UFSC.

Por Nucom // Victor Hugo Bittencourt

Especialistas apresentam estudo ambiental do Campus da UFSC em Joinville

21/10/2010 13:33

O Estudo Ambiental Simplificado (EAS) desenvolvido para viabilizar a construção do Campus da UFSC em Joinville vai ser apresentado amanhã, às 09h00, no auditório do Departamento de Engenharia de Produção e Sistemas (EPS). Técnicos e professores apresentarão os aspectos relacionados à hidrologia, geologia, fauna e arqueologia, entre outros fatores da construção que abrigará o Centro de Engenharia da Mobilidade. Atualmente estão em andamento obras da UFSC Norte na área do campus da Universidade Regional de Joinville (Univille).

Veja o cronograma do seminário de apresentação do EAS da UFSC Norte:

09:00 hs – Prof. Acires Dias – Diretor Geral do CEM
09:10 hs – Prof. Alvaro Toubes Prata – Reitor da UFSC
09:30 hs – FUNDEMA
09:45 hs – Coordenação EAS – Prof. Antônio F. Marcon/ Prof. Erico P.Filho/ Arq. Juliane Russi
10:00 hs – Características do Empreendimento – Arquiteto Francisco Martins
10:15 hs – Hidrologia – Prof. Antônio F. Marcon
10:30 hs – Geologia, Geomorfologia e Geotecnia – Prof. Erico e Prof. Marcon
10:45 hs – Cobertura vegetal – Prof. Alexandre Siminski
11:00 hs – Fauna – Vertebrados – Biólogo Maurício Graipel
11:15 hs – Fauna – Peixes – Profª. Sônia Buck
11:30 hs – Arqueologia – Arq. Madalena A. Velho
11:45 hs – Socioeconomia – Engª Eliana Bittencourt
12:00 hs – Planos e Programas Ambientais – Prof. Erico Porto Filho
12:15 hs – Comissão Estudo Ambiental Campus Joinville – CEM
12:25 hs – Considerações Finais

Fonte: CEM/UFSC

Engenharia de Controle e Automação completa 20 anos

24/09/2010 15:44

Na última sexta-feira, 24 de setembro, aconteceu o evento “20 anos do curso de Engenharia de Controle e Automação”. Promovido pelo Departamento de Automação e Sistemas (DAS), o evento usou o auditório da Reitoria e foi aberto ao público e gratuito. O ex-reitor da Universidade Federal de Minas Gerais, Ronaldo Pena, esteve na UFSC para uma palestra pela manhã.

O processo de implantação do curso iniciou em 1987, sendo aprovado pelo Conselho Universitário no ano seguinte. No entanto, a entrada da primeira turma aconteceu apenas no ano de 1990. A regulamentação por parte do Ministério da Educação veio em 1994 e, treze anos depois, foi criado o programa de pós-graduação em Engenharia de Automação e Sistemas, com mestrado e doutorado.

Como um curso multidisciplinar, possibilita a participação dos alunos em atividades de iniciação científica e estágios em vários departamentos do Centro Tecnológico.

Para o professor Augusto Humberto Bruciapaglia a missão do Engenheiro de Controle e Automação tem três palavras-chave. A segurança dos sistemas de produção tanto para os seus operadores quanto para os equipamentos, a produtividade, no sentido de se produzir mais com menos, e a qualidade, pois visa a manutenção das condições de processamento o mais próximas possíveis dos ótimos de projeto. Para Augusto, a perspectiva para o futuro do curso é “continuar contribuindo para a formação de profissionais de elevada qualificação tecnológia e ética.”

Fonte: Nucom // Victor Hugo Bittencourt

UFSC tem nota elevada em cursos de pós-graduação

20/09/2010 17:53

Com 56 programas de pós-graduação, a Universidade Federal de Santa Catarina teve 18 cursos (32%) com conceitos elevados na avaliação trienal da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), divulgada na noite de terça-feira. Engenharia Mecânica, Farmacologia e Química, que já tinham nota alta, atingiram o conceito 7. Outros seis programas ficaram com 6, índice considerado de excelência.

Além disso, houve uma redução de quatro cursos no conceito 3, portanto, na avaliação passada, a universidade tinha 11 notas 3, agora são sete. Os cursos de Educação; Engenharia Ambiental; Estudos da Tradução e Odontologia tiveram suas notas reduzidas. Mas nenhum curso ficou com nota 1 ou 2, que leva ao descredenciamento.

“A avaliação que a UFSC alcança é bastante positiva, fruto de um trabalho intenso”, comemora o professor José Antônio Bellini da Cunha Neto, diretor do Departamento de Acompanhamento de Programas, ligado à Pró-Reitoria de Pós-Graduação da UFSC.

Critérios como qualificação do corpo docente, produção científica, número de teses e dissertações defendidas e infra-estrutura, entre outros, são adotados na avaliação da Capes.

A análise é realizada a cada três anos, com atribuição de notas que vão de 1 a 7. Os conceitos 1 e 2 descredenciam o programa; 3 significa desempenho regular, atendendo ao padrão mínimo de qualidade; 4 é considerado um bom desempenho; e 5 significa muito bom nível. As notas 6 e 7 indicam desempenho equivalente ao alto padrão internacional.

Este ano foram avaliados 2.718 programas, que correspondem a 4.099 cursos de mestrado acadêmico, mestrado profissional e doutorado. Somente 4,1% (112 programas) receberam a nota máxima.

De acordo com dados da Capes, o Sul é a segunda maior região em quantidade de cursos (810 dos 4.099), ficando atrás apenas do Sudeste. São 494 cursos de mestrado acadêmico, 48 de mestrado profissional e 268 de doutorado, que representam 19,8% do total do país. Também é a segunda maior porcentagem de cursos de excelência. Dos 810 cursos, 91 (11%) receberam notas 6 ou 7.

Fonte: Site Terra

Seminários do mês de setembro do PET – MA

30/08/2010 16:05

Ao longo do mês de setembro os bolsistas do Programa de Ensino Tutorial – Metrologia e Automação realizão seminários abertos ao público. As apresentações ocorrem sempre às quintas-feiras, ao meio-dia na sede da fundação CERTI, terceiro piso.

A programação dos seminários é a seguinte:

– 02/09 – Geração Distribuída com Fellipe Marques Teixeira
– 09/09 – Intercâmbio e estágio na França com Fernando Schiessl de Souza
– 16/09 – Intercâmbio e estágio na Alemanha (em inglês) com Ismael Peruzzo Zamoner
– 23/09 – Tratamentos térmicos em aço com Gilberto Fillipe Pinho
– 30/09 – Redes Neurais com Martin Vincent Bloedorn

As vagas para os seminários são limitadas. Inscrições e informações sobre os temas no site www.petma.ufsc.br.

Fonte: PET – MA